Mário Matos, Alfaiate de Aquilino

00:19:28

Programa dedicado a Aquilino Ribeiro com o testemunho do seu alfaiate e amigo próximo Mário Matos, com destque para alguns episódios e factos da vida pessoal do escritor.

  • Nome do Programa: Mário Matos, Alfaiate de Aquilino
  • Nome da série: Museu Aberto
  • Locais: Portugal, Viseu
  • Personalidades: Aquilino Ribeiro
  • Temas: Artes e Cultura
  • Canal: RTP 1
  • Menções de responsabilidade: Realização: Jorge Listopad
  • Tipo de conteúdo: Programa
  • Cor: Preto e Branco
  • Som: Mono
  • Relação do aspeto: 4:3

Resumo Analítico

01h25m33: Fotografia do rosto de Aquilino Ribeiro; Mário Matos, alfaiate, comenta a sua relação com Aquilino Ribeiro, as visitas do escritor a Viseu, a sua relação com Almeida Moreira, as cartas enviadas por Aquilino Ribeiro, as duas esposas do escritor e o filho Aníbal Aquilino Fritz Tiedemann Ribeiro e comenta que lhe custa falar do escritor e exalta a personalidade do mesmo, alternado com montra da Alfaiataria Académica; fotografia de Aquilino Ribeiro rodeado de amigos com a inscrição ?Soutosa, 4 Outubro 1957; cartas escritas por Aquilino Ribeiro. 01h28m26: Portão fechado da residência de Aquilino Ribeiro; portão abre-se e vista geral do pátio da residência; Mário Matos refere Aquilino Ribeiro enquanto cliente da sua alfaiataria, a primeira visita do escritor acompanhado pela primeira esposa Grete Tiedemann à sua alfaiataria em 1924, a origem e criação do Parque Aquilino Ribeiro, a merecida atribuição do nome do escritor a uma avenida de Viseu, a relação de Aquilino Ribeiro com Viseu e referência ao livro ?O Escritor Confessa-se?, alternado com fotografia de Aquilino Ribeiro acompanhado por homem; movimento de automóveis em rotunda; funcionários da alfaiataria costuram; ferro de passar a ferro; plano próximo da primeira página do livro ?O Escritor Confessa-se? com dedicatória escrita pelo escritor. 01h32m37: Entrada da papelaria de José Costa e Guimarães, comerciante; Mário Matos faz referência a alguns dos amigos de Aquilino Ribeiro de Viseu, nomeadamente José Costa Guimarães e Germano Bento Ferreira, fotógrafo, alternado com entrada do estabelecimento ?Germano fotografia?; escadas do estabelecimento; fotografia de grupo de crianças; de Aquilino Ribeiro emoldurada e com a assinatura de Germano; mão de Mário Matos. 01h34m09: Mário Matos sai da sua alfaiataria e caminha sobre passeio; convívio de pessoas num café onde Mário Matos se costuma reunir com os seus amigos; Mário Matos revela os temas das suas tertúlias com os amigos; Mário Matos passa em frente do Café Monte Branco. 01h35m56: Vegetação e árvores; escadaria exterior de residência de Aquilino Ribeiro; plano distanciado da Capela de Soutosa; pátio exterior da residência com monumento de homenagem ao escritor; exterior da residência; vista geral de espaço circundante da residência de Aquilino Ribeiro com voz off sobre o envolvimento de Aquilino Ribeiro na construção da Capela de Soutosa e a estima que o escritor nutria pelos animais. 01h36m47: Mário Matos agradece à equipa de filmagens pelo facto de terem visitado a sua casa e refere eventos importantes que ali aconteceram, a sua fuga para Paris na sequência de se ter negado a publicar um comunicado do Governo Civil de então, a sua faceta de democrata e ilustra a sua vertente política com exemplos de situações e eventos em que esteve envolvido. 01h41m36: Perfil de Aquilino Ribeiro esculpido em peça pendurada numa parede; Mário Matos relata situação em que esteve envolvido juntamente com Aquilino Ribeiro, durante a Revolta de Pinhel em 1928 em que o escritor foi detido perto da estação de Mangualde e levado para estabelecimento prisional de Fontelo de onde acabou por fugir e refere a presença assídua do escritor em sua casa, alternado com fotografia do rosto de Aquilino Ribeiro.

Termos e condições de utilização

Os conteúdos disponíveis estão protegidos por direitos de propriedade industrial e direitos de autor. É expressamente proibida a sua exploração, reprodução, distribuição, transformação, exibição pública, comunicação pública e quaisquer outras formas de exploração sem a autorização prévia da RTP. O acesso aos conteúdos tem como único propósito o visionamento privado e educacional sem fins comerciais. Para mais informações, entre em contato com o arquivo da RTP através do seguinte endereço de correio eletrónico: arquivo@rtp.pt .