Onde param os Correios?

00:26:16

Reportagem sobre a história dos Correios portugueses, num regresso ao passado onde se cruzam histórias do presente, e evocando alguns casos curiosos - como um soldado que escrevia cartas de amor no Ultramar, uma funcionária do tempo em que não existiam computadores, ou o carteiro de Trás-os-Montes que entregava os vales com o dinheiro que chegava de França - num momento em que as estações dos CTT encerram, e aumentam os receios daquilo que a privatização pode trazer no futuro.

  • Nome do Programa: Onde param os Correios?
  • Nome da série: Linha da Frente
  • Locais: Portugal
  • Temas: Sociedade, Trabalho
  • Canal: RTP 1
  • Menções de responsabilidade: Jornalista: Rita Ramos
  • Tipo de conteúdo: Notícia
  • Cor: Cor
  • Som: Stereo
  • Relação do aspeto: 16:9 PAL

Resumo Analítico

Homem a andar na aldeia de Argozelo, Vimioso, em Trás-os-Montes. Declarações de Domingos Afonso, carteiro reformado. Imagens de arquivo de Domingos Afonso a distribuir correio há quarenta anos atrás (1973). Domingos Afonso junto de Henrique Chumbo, emigrante em França, que há quarenta anos atrás enviava os vales para a sua mãe. Declarações de Henrique Chumbo, emigrante. População no centro da aldeia. Idosa da aldeia a cantar cânticos tradicionais da região. Criança a bater palmas. Viatura dos CTT - Correios. Carteira a distribuir a correspondência na aldeia. Cacilda, carteira, junto de Domingos Afonso, seu pai. Declarações de: Cacilda Afonso, carteira; Bruno Lima, carteiro. Bruno a distribuir o correio no Parque das Nações, em Lisboa. 04m01: Interior de loja dos CTT (posto de correios), com a funcionária a atender uma cliente ao balcão. Declarações de António Pedro Silva, Diretor da Rede de Lojas dos CTT. Casal (família Félix), a ver máquinas de lavar roupa numa loja de eletrodomésticos, em Lanheses, parceira dos CTT. Atendimento no interior da loja. Declarações de: Elsa Rocha, funcionária de loja; Laura Angélica e Rosa Maria, habitantes de Lanheses. Plano curto do antigo posto dos correios. Interior de mini-mercado. Declarações de: Maria do Sameiro Vale, comerciante; Elisabete Rocha, comerciante parceira dos CTT; Fernando Félix, cliente. Edifício do atual posto de correios. Declarações de António Pereira, habitante. Idoso a andar de bicicleta. 07m27: Imagens de arquivo de Manifestações contra o encerramento das estações dos CTT de Lanheses e de Castro Laboreiro, em Melgaço. Vistas de Castro Laboreiro. Declarações de Maria Fernandes, habitante. Idosa a lavar a roupa no tanque. Posto de correios a funcionar na Junta de Freguesia de Castro Laboreiro. Declarações de Sílvia Esteves, funcionária da Junta de Freguesia. Sílvia fechar o posto de correios. Edifício da antiga estação dos CTT. Imagens de arquivo da inaugurações de estações de Correios, Telégrafos e Telefones (CTT); Coronel Gomes de Araújo, Ministro das Comunicações (1954); interiores de estações de correios. Declarações de Maria José Fernandes; José Oliveira, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT); António Pedro Silva, Diretor da Rede de Lojas dos CTT. Manifestação contra a privatização e encerramento dos CTT, em Ervidel. Declarações de Antónia Crispim, habitante de Ervidel. Vistas da aldeia de Ervidel. Antigo posto de correios de Ervidel, já sem as letras "correios" e edifício onde se encontra atualmente, numa pequena loja de comércio. Declarações de: António Bragança, barbeiro; Maria da Conceição Guerreiro, habitante da aldeia. 12m27: Grafismos com fotografias a ilustrar a história dos correios de há 500 anos até aos dias de hoje. Planos do registo da Carta Régia de Dom Manuel I, a nomear Luís Homem como o 1º correio-mor do reino. Declarações de Luíz Guilherme G. Machado, investigador / museólogo. Primeira privatização dos correios no século XVII. Fotografias das carruagens da mala-posta e dos comboios a vapor. Reforma postal de Fontes Pereira de Melo. Primeiro selo português. Imagens de arquivo de excertos de filmes portugueses a ilustrar os telefones antigos e os pombos-correio. Interior de estação de correios do futuro, no Parque das Nações. Funcionária simula o levantamento de uma carta através das máquinas. Interiores do centro de operações e logística dos CTT, em Cabo Ruivo, Lisboa. Declarações de Hernâni Santos, Diretor de Operações dos CTT. Várias fases do tratamento da correspondência no centro de operações e logística de Cabo Ruivo. 16m39: Homem, Orlindo, a ler uma carta de amor antiga, em Casteleiro, no Sabugal. Imagens de arquivo da despedida dos soldados para o ultramar português; militares a embarcarem no navio (1961); declarações de António Oliveira Salazar (som Emissora Nacional - legendadas). Orlindo a ver imagens de Angola antigas num Ipad, com os seus colegas militares; soldados a receberem as cartas do continente, com muita alegria. Declarações de Orlindo Lourenço, ex combatente em Angola 1961-1963. Orlindo a tirar uma carta da caixa do correio de sua casa. 19m26: Imagens de arquivo de: Revolução do 25 de Abril de 1974; manifestações de trabalhadores à porta dos correios a exigirem a demissão da administração e melhores condições de trabalho; Domingos Afonso, carteiro de Argozelo; correios no interior de um comboio; implementação do código postal (1978); excertos do programa "Sol a Sol", dedicado ao dia a dia de Maria dos Remédios, funcionária dos correios; dia de trabalho de Maria dos Remédios na estação central dos correios. 22m23: Maria dos Remédios a passear na Praça do Comércio e a encontrar-se com o marido. Declarações de Maria dos Remédios Manso, funcionária dos CTT reformada. Catamarã a fazer a travessia do Rio Tejo. Maria do Rosário em sua casa, no Barreiro, a cozinhar para os filhos e netos. Imagens de arquivo do excerto de uma peça do jornalista Fernando Pessa sobre os selos dos correios (... "E esta hein" ...).

Termos e condições de utilização

Os conteúdos disponíveis estão protegidos por direitos de propriedade industrial e direitos de autor. É expressamente proibida a sua exploração, reprodução, distribuição, transformação, exibição pública, comunicação pública e quaisquer outras formas de exploração sem a autorização prévia da RTP. O acesso aos conteúdos tem como único propósito o visionamento privado e educacional sem fins comerciais. Para mais informações, entre em contato com o arquivo da RTP através do seguinte endereço de correio eletrónico: arquivo@rtp.pt .