Manifestação dos trabalhadores da cintura industrial de Lisboa II

00:20:55

Lisboa, direto da manifestação unitária de trabalhadores da cintura industrial de Lisboa, a partir do Terreiro do Paço, convocada pelo Secretariado das Comissões de Trabalhadores, com o apoio da Intersindical e das organizações e partidos políticos, contra o VI Governo Provisório e a favor do poder popular e defesa da reforma agrária e dos trabalhadores.

  • Nome do Programa: NOTICIÁRIO NACIONAL DE 1975
  • Nome da série: NOTICIÁRIO NACIONAL DE 1975
  • Locais: Lisboa
  • Personalidades: Raul Durão
  • Temas: Política, Trabalho
  • Canal: RTP 1
  • Menções de responsabilidade: Emissão conduzida e realizada por Alfredo Tropa.
  • Tipo de conteúdo: Notícia
  • Cor: Preto e Branco
  • Som: Misto
  • Relação do aspeto: 4:3

Resumo Analítico

Mário Caetano, do Secretariado Provisório das Comissões de Trabalhadores da cintura industrial de Lisboa discursa perante os manifestantes que gritam palavras de ordem e apupam quando se faz referência ao PPD e à direção do PS, grita "morte ao ELP (Exército de Libertação de Portugal) e a quem o apoiar", "Abaixo o AMI (Agrupamento Militar de Intervenção)" e "SUV, SUV, SUV (Soldados Unidos Vencerão)". 01h20m35: Manifestantes interrompem discurso com aplausos; orador refere o avanço da reforma agrária, a política salarial, afirma que "repudiamos a ordem dos Sá Carneiros e Pires Velosos nos preconizam. Faremos frente tanto à conspiração reacionária preparatória do golpe de estado fascista, como à manobra da direita e recuperar pacificamente o processo revolucionário para o grande capital" e "exigimos a transformação do poder" e grita "Vasco, Vasco, Vasco" juntamente com os manifestantes. 01h24m27: Manifestação grita "Otelo, Otelo, Otelo"; orador continua o discurso em que apela a todos os revolucionários, trabalhadores, camponeses e pessoal militar que se unam contra o terrorismo, fascismo e a aliança da direita e pela reforma agrária e conquistas da revolução, saúda os militares/soldadores, critica a burguesia e as forças da direita e afirma que "os trabalhadores não têm medo", sendo interrompido várias vezes pelos manifestantes que gritam "Unidade, unidade, unidade" e "soldados e marinheiros sempre sempre ao lado do povo". 01h28m00: Severiano Falcão interrompe o discurso do representante do secretariado por motivos técnicos da televisão e refere o envio de carta do General Otelo Saraiva de Carvalho, comandante do COPCON - Comando Operacional do Continente e da Região Militar de Lisboa, que é recebida entusiasticamente e aplaudida pela manifestação. 01h28m55: Soldado paraquedista lê a mensagem enviada por Otelo Saraiva de Carvalho, que estando ausente de Lisboa agradece o apoio da manifestação, sendo interrompido várias vezes com gritos de ordem "Otelo, Otelo, Otelo", "Otelo unido o povo está contigo" e "Viva Portugal". 01h31m45: Planos da manifestação acompanhados com voz off do jornalista Raul Durão a dar conta dos problemas técnicos que afetam a emissão televisiva e conclusão da emissão; grafismo/logótipo da RTP.

Termos e condições de utilização

Os conteúdos disponíveis estão protegidos por direitos de propriedade industrial e direitos de autor. É expressamente proibida a sua exploração, reprodução, distribuição, transformação, exibição pública, comunicação pública e quaisquer outras formas de exploração sem a autorização prévia da RTP. O acesso aos conteúdos tem como único propósito o visionamento privado e educacional sem fins comerciais. Para mais informações, entre em contato com o arquivo da RTP através do seguinte endereço de correio eletrónico: arquivo@rtp.pt .