Durão Barroso – I Parte

00:35:39

Primeira parte da entrevista da jornalista Judite de Sousa a José Manuel Durão Barroso, presidente do PSD e líder da oposição, acerca da atual crise política do país, das Eleições Presidenciais de 2001 e do entendimento do PSD com o CDS-PP, como alternativa ao excesso de poder do PS.

  • Nome do Programa: Durão Barroso - I Parte
  • Nome da série: Grande Entrevista
  • Locais: Lisboa
  • Personalidades: Judite de Sousa, José Manuel Durão Barroso
  • Temas: Política
  • Canal: RTP 1
  • Menções de responsabilidade: Produtor: Teresa Claro. Realizador: José Alves Fernandes.
  • Tipo de conteúdo: Programa
  • Cor: Cor
  • Som: Mono
  • Relação do aspeto: 4:3 PAL

Resumo Analítico

Durão Barroso faz antevisão da crise política no país; a desarticulação do Governo; a inquietação e o descontentamento dos portugueses; a inflação e a insegurança. 04m40: Compara o crescimento económico de Portugal com a Irlanda; o afastamento de Portugal da média da União Europeia; críticas ao Governo de António Guterres. 06m28: Aborda o aumento do preço dos combustíveis; a revolta dos polícias; o poder judicial e o poder político, responsabilidades; a desautorização da polícia. 11m07: Não pede a demissão do Governo, mas a substituição de António Guterres. 11m45: Sobre ter ficado condicionado face às declarações elogiosas de Cavaco Silva à Presidência Portuguesa da União Europeia. 12m45: Acusa o primeiro-ministro de falta de atenção aos problemas nacionais; o Governo não corresponde às expectativas nacionais, por isso ataca o maior partido da oposição. 16m05: Refere que quando Guterres estava na oposição, "chamavam-lhe o picareta falante". 16m30: A turbulência no PSD; dificuldade em vencer resistências internas; opositores internos; referência a Marques Mendes; as diferenças de opiniões, a impaciência dos militantes. 20m13: Sobre ter faltado ao debate na Assembleia da República acerca das acusações do Governo angolano a Mário Soares, e também à ausência de Guterres no debate. 23m00: Sobre a sua afirmação como líder do PSD. 24m50: Acusa a máquina de propaganda do PS de usar os meios de comunicação social estatizada, nomeadamente a RTP. 26m40: Condições do PSD chegar ao Governo sozinho ou através de coligação; PSD encaminha-se no sentido de liderar um Governo; as críticas por não fazer oposição; ganhar o poder com credibilidade e seriedade. 30m56: Sobre as relações entre Portugal e Angola; o regime angolano; a política externa portuguesa em relação a Angola e como reagiria, se fosse Governo, no caso das acusações feitas a Mário Soares.

Termos e condições de utilização

Os conteúdos disponíveis estão protegidos por direitos de propriedade industrial e direitos de autor. É expressamente proibida a sua exploração, reprodução, distribuição, transformação, exibição pública, comunicação pública e quaisquer outras formas de exploração sem a autorização prévia da RTP. O acesso aos conteúdos tem como único propósito o visionamento privado e educacional sem fins comerciais. Para mais informações, entre em contato com o arquivo da RTP através do seguinte endereço de correio eletrónico: arquivo@rtp.pt .