Edição especial do Telejornal no dia 25 de Abril

00:53:00

Compacto das notícias do dia 25 de Abril de 1974, numa edição especial do Telejornal apresentada a partir das 18h40 pelos jornalistas Fernando Balsinha e José Fialho Gouveia, e dedicada ao Golpe de Estado levado a cabo pelo Movimento das Forças Armadas. De relevar a reportagem de rua mostrando os acontecimentos decisivos no Largo do Carmo ao final da tarde, e que levaram ao fim do regime. Termina com a comunicação de que a Junta de Salvação Nacional irá fazer uma proclamação ao país.

  • Nome do Programa: Telejornal 1974
  • Nome da série: Telejornal
  • Locais: Lisboa
  • Personalidades: Fernando Balsinha, Fialho Gouveia, António de Spínola, Salgueiro Maia, Marcello Caetano, Francisco Sousa Tavares
  • Temas: História, Política
  • Canal: RTP 1
  • Tipo de conteúdo: Notícia
  • Cor: Preto e Branco
  • Som: Mono
  • Relação do aspeto: 4:3

Resumo Analítico

40m14: a emissão da RTP é retomada, com o relógio a entrar no ar segundo antes das 18h40. 40m25: Fernando Balsinha inicia o Telejornal e informa que, toda a rede emissora da Radiotelevisão Portuguesa (RTP) está controlada por forças do Movimento das Forças Armadas. 40m42: Fialho Gouveia lê comunicado do MFA, que reivindica o controlo de toda a ação política no País, com a ocupação dos Ministérios, postos de estação emissoras de radiodifusão e televisão, aeroportos e fronteiras. Proclama à Nação o propósito de a libertar do regime que a oprime há décadas, levar a cabo um programa de restituição das liberdades cívicas das quais tem sido privada. Apela à calma da população. Chama à atenção das forças paramilitares, Polícia de Segurança Pública (PSP), Guarda Nacional Republicana (GNR) e Guarda Fiscal (GF), para obedecer às ordens das Forças Armadas, e recomenda à Direção Geral de Segurança (DGS), para não impedir a ação do MFA. Apelo aos médicos e pessoal de enfermagem para se manterem nos seus postos de trabalho. 44m16: Fernando Balsinha diz que se aguarda a qualquer instante nos estúdios do Lumiar da RTP, uma proclamação ao País da Junta de Salvação Nacional. 45m04: Fernando Balsinha lê notícias que dão conta dos últimos acontecimentos, a rendição no Quartel do Carmo, do Presidente do Conselho, Marcelo Caetano, e a entrega do comando das Forças Armadas ao movimento triunfante. 48m29: Fialho Gouveia lê os últimos telegramas internacionais chegados à RTP, que dão contam de notícias na imprensa estrangeira, do Golpe de Estado Militar em Portugal, levado a cabo pelo MFA. 53m00: Fernando Balsinha lê as últimas notícias no mundo. 55m00: Fialho Gouveia noticia a rendição do Governo de Marcelo Caetano. do dia 25 de Abril. 56m48: Primeira página da quarta edição às 16h30m do jornal “O Século” com a manchete “O Movimento das Forças Armadas ocupa as posições vitais e anuncia uma Proclamação ao País”. 57m20: Fialho Gouveia lê comunicado com recomendações do MFA. 58m30: Fialho Gouveia faz declaração em nome da RTP de apoio incondicional ao Movimento das Forças Armadas, (bloco com interferências de emissão). 59m24: Fernando Balsinha, lê comunicado do MFA. 01h03m40: Fialho Gouveia, novamente sobre a rendição de Marcelo Caetano e lê novamente proclamação do MFA; primeira página do jornal “República” com a manchete “As Forças Armadas tomaram o poder”. 01h09m13: Fernando Balsinha e Fialho Gouveia iniciam novo bloco de notícias; primeira página da última edição do jornal “O Século” com a manchete “Concretizada a queda do governo - anuncia o Movimento Militar”, Fernando Balsinha anuncia a passagem da emissão para os Estúdios do Porto. 01h11m28: Fialho Gouveia noticia que alguns elementos da PIDE/DGS abriram fogo indiscriminadamente em incidentes no Largo do Camões em Lisboa, mas já se renderam ao MFA. 01h13m31: Ocupação das instalações dos Estúdios do Lumiar da RTP por forças do MFA (imagens do repórter José Manuel Tudela), militares bloqueiam túnel de acesso aos Estúdios do Lumiar da RTP na Alameda das Linhas de Torres; sala de recepção da RTP, primeira conferência de imprensa do MFA na RTP, às primeiras horas do dia 25 de Abril, com a presença dos jornalistas, Eduardo Guerra Carneiro do jornal “O Século”, António Perucho, do jornal “Expresso”, tenente Cerveira, Teresa Monserrate e Joana Godinho do jornal “A Capital”. 01h14m21: Rampa de acesso à RTP; funcionários e oficiais do MFA conversam no pátio, destaque para o fotógrafo do jornal “O Século”, Novais Ribeiro e o capitão Teófilo Bento, que comandou a ocupação das instalações da RTP; militares em vigia em cima de muro. 01h15m21: funcionários em escada de acesso às instalações da redação do Telejornal; o render das forças de ocupação, por militares pertencentes à Escola Prática de Administração Militar. 01h16m25: capitão Teófilo Bento com megafone dá instruções às forças ocupantes; militares leem o jornal “O Século”. 01h16m49: aspirante Matos em viatura militar no exterior das instalações; vários funcionários conversam com o capitão Bento. 01h17m47: realizador da emissão, Alfredo Tropa, Manuel dos Santos e José Topa do Telecinema; sala de régie. 01h19m24: funcionários e militares jantam no refeitório. 01h19m58: Forças Armadas cercam o Largo do Carmo; população adere ao Golpe de Estado. 01h20m51: militares sobem a calçada do Carmo e cercam o Quartel do Carmo. 01h21m44: fachada do Quartel do Carmo; populares dependurados em grades espreitam para dentro do quartel; população às janelas, assiste aos acontecimentos no Carmo; movimentação de tropas. 01h24m33: Chegada ao Largo do Carmo de Feitor Pinto, diretor dos Serviços de Informação. 01h25m32: multidão no Largo do Carmo; popular empoleirado em árvore. 01h26m32: capitão Salgueiro Maia a pé no Carmo. 01h26m45: chegada ao Largo do Carmo de viatura que transporta o general António de Spínola; multidão. 01h28m12: advogado Francisco Sousa Tavares em cima de caserna do quartel com megafone fala à população. 01h28m43: multidão assiste aos acontecimentos; viatura blindada militar transporta o Ex-presidente do Conselho, Marcelo Caetano; capitão Salgueiro Maia com megafone em cima de chaimite comanda as operações. 01h30m29: multidão aplaude o render de Marcelo Caetano. 01h31m14: cartaz apela a manifestação na Praça do Comércio; multidão manifesta-se e festeja a “Liberdade”. 01h33m53: Fialho Gouveia, nomeia os militares do MFA, pertencentes à Escola Prática de Administração Militar que ocuparam os Estúdios do Lumiar da RTP: capitão Teófilo Bento, o aspirante Matos, o tenente Santos Silva, o capitão Gaspar; o aspirante Reis, o aspirante Costa e o alferes Geraldes. Fialho Gouveia, nomeia os funcionários da RTP que fizeram a emissão do dia 25 de Abril. 01h36m31: Fernando Balsinha, faz a intervenção final do Telejornal com a leitura de comunicado dirigido à população em geral, sobre o controlo da situação pelo MFA, e a indicação de que os incidentes com a PSP estão completamente sanados. Lê aviso aos trabalhadores da RTP, para que compareçam no dia 26 de Abril, segundo os horários previstos nos locais de trabalho. 01h38m00: Fialho Gouveia, sobre o triunfo do Movimento das Forças Armadas, termina o Telejornal dando “Vivas” às Forças Armadas e a Portugal. 01h39m01: Fialho Gouveia informa que o General António de Spínola irá fazer em nome da Junta de Salvação Nacional um Comunicado ao País.

Termos e condições de utilização

Os conteúdos disponíveis estão protegidos por direitos de propriedade industrial e direitos de autor. É expressamente proibida a sua exploração, reprodução, distribuição, transformação, exibição pública, comunicação pública e quaisquer outras formas de exploração sem a autorização prévia da RTP. O acesso aos conteúdos tem como único propósito o visionamento privado e educacional sem fins comerciais. Para mais informações, entre em contato com o arquivo da RTP através do seguinte endereço de correio eletrónico: arquivo@rtp.pt .